quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

QUALQUER COISA

QUALQUER COISA
Qualquer coisa, qualquer pessoa
que me tire da alma essa dor que não passa,
qualquer amigo, qualquer companhia
que me me faça ter, qualquer impossível calma.
_________________________________________
Qualquer coisa que não seja vida
que me tire do coração esta saudade aflita,
qualquer mar, que se derrama na areia quente
tuas águas coloridas, me ajude a entender a vida.
_____________________________________________
Qualquer dia que não veja a verdade nua
e que eu possa ter na vida alegria pura,
qualquer pessoa que caminha na rua
me ensine como ter meu coração mais duro.
__________________________________________________
Qualquer dia! Qualquer música,
qualquer coisa,que me dê motivo, para continuar viva.
qualquer amor que me abrace
com o carinho de um grande amigo.
___________________________________________
Qualquer milagre que arranque meu coraçao puro,
Qualquer coisa! Qualquer sentido...
que me faça acreditar de novo na beleza da vida.
______________________________________________
MÁRCIA ROCHA
22/01/2009

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Adorei teus poemas ,se um dia puder quero editar em vídeo ,será uma honra ,"Queria aplacar tua dor ,ser amiga de valor ,queria com-partilhar sofrimento te dando ombro e palavras de alento ,Queria te da meu sorriso pra te ver sorrir ,te mostrar como é bom existir ,Queria pousar em teu coração ,como borboleta coloririda nua vida ,ser aquela que aplaude suas vitoria ,e ouça suas historias ,ser sua amiga anja ,mesmo a distancia "BY ;ANJA MEL

    ResponderExcluir